Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017  Home   
 
Recomende este site
DesportoAveiro
Sá Carneiro
2006-3-13

Sá Carneiro

Cavaco Silva entrou para a Presidência da República para abrir caminho para o PSD regressar ao Governo? O PSD diz que não e o próprio Cavaco Silva responderá também que não e mais alto.

Mas não é o PSD que já repetiu tantas vezes o desejo do antigo líder Sá Carneiro: «Uma maioria, um Governo, um presidente»? Mas não agora.

Depois de Cavaco Silva tomar posse, há poucos dias, em Aveiro já se citou Sá Carneiro, mas outras frases que também lhe são atribuídas. Aquela não.

O PSD e Cavaco Silva nunca dirão que o lugar na Presidência da República é um trampolim para o partido chegar ao Governo. E, talvez, fariam mal se o dissessem. Mas pensam que pode ser mais fácil, embora o contrário tenha sucedido com a esquerda. Os socialistas tiveram presidentes da República quando os social-democratas governaram.

Se tudo correr bem a José Sócrates terá o segundo mandato. Com Marques Mendes ou não na presidência do PSD, os social-democratas tentarão voltar, em 2009, ao poder. E se reconquistarem o poder, será antes do fim do mandato presidencial de Cavaco Silva. Precisarão de ter uma maioria absoluta, como têm os socialistas, para fazer o pleno e concretizar o desejo de Sá Carneiro.

Cavaco Silva manterá sempre distância, quanto baste, do PSD. Viu-se na campanha presidencial, embora apoiantes, funcionários e militantes do PSD se transformassem nos actos de campanha em «voluntários».

Cavaco Silva é do PSD e não será natural que o seu desejo seja que o Governo seja do PSD?

João Peixinho

Enviar por email  Imprimir
Entusiasmados
Questionário
Sim
Não


 Home  | Aveiro  | Negócios  | Desportos  | Agenda  | Fora de Casa 

hosting e produção Digitalwind